Posts tagged ‘mudanças’

Minha escola, minhas regras

-Fora os professores de mau humor (eles são particularmente irritantes em dias… Bem, em todos os dias);

-Chega de cadeiras pequenas e duras (almofadas e grandes são bem mais agradáveis);

-Mais ventiladores silenciosos (será o fim das salas abafadas porque os professores precisam de silêncio);

-Janelas maiores (com vistas agradáveis de preferência);

-Aulas ao ar livre (curtir o sol na pele enquanto se estuda tem que melhorar o desempenho das pessoas);

-Comidas com mais sabor e menos gordura (aqueles lanches da lanchonete têm que ser trocados por coisas assadas e mais saudáveis);

-Aulas mais interativas (já que eu não posso acabar com a física, porque não torná-la mais prática e fácil de entender?)

-Implantação de armários (nada mais de ficar levando quilos e quilos de livros para a aula)

-Aulas de música, teatro, desenho, computação, etc. (optativas, assim alunos que não gostam de determinadas matérias não serão obrigados a frequentá-las e consequentemente não irão atrapalhar que estiver afim da aula);

-Uniforme (ele continua, mas os alunos é que serão responsáveis pelos modelos, cores, etc)

Idéias utópicas?

agosto 23, 2009 at 6:45 pm 2 comentários

(In)Perfeições

Ela se julgava perfeita. Sempre sabia de tudo, sempre tinha uma resposta pronta na ponta da língua. Eu também a considerava assim para certas situações. Ela era quem agia quando eu era covarde o suficiente para tentar ser ouvida, sempre tinha a atitude certa quando me faltavam certezas e reações. Éramos amigas acima de tudo, mas eu sabia que a vulga perfeição que ela tinha tanta certeza de possuir não era tão perfeita assim.

As pessoas se acham perfeitas e gostam de julgar os outros por isso, mas não param para olhar suas próprias atitudes. Nós nem sempre concordávamos. Mas aprendi que para o bem de uma amizade os defeitos devem ser deixados de lado quando as qualidades se sobre saem.

Hoje nossas vidas seguem por caminhos diferentes. Mas posso dizer que vivi grandes momentos com essa amizade. Aprendi muita coisa com ela; não sei se ela aprendeu algo comigo, não sou egocêntrica o suficiente para afirmar com certeza. No final de tudo os danos foram grandes, os orgulhos foram feridos e a amizade que antes era forte e “perfeita” se desfez em frangalhos.

Ela se julgava perfeita. Mas ela não foi perfeita o suficiente para dizer na minha cara o que havia de errado. Tenho comigo a consciência tranqüila, mas quem pode negar que apesar de tudo, por conhecer sua vulga perfeição, eu não tenha mudado para melhor?

abril 28, 2009 at 4:30 pm 2 comentários


Quem?

Paulistana facilmente encontrada perambulando pelos números da Rua Piauí nos horários comerciais. Nascida no ano de 1990, o que me poupa trabalho de atualizar e fornece a você a oportunidade de mexer com números! Começando a exercer a função de bixete e virando foca!

Today is…

maio 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Na cabeceira da cama…

Meg Cabot - Tamanho 44 Também Não É Gorda

Hey Twitter

  • RT @delucca: Temer é delatado em crimes seríssimos. Aécio é delatado em crimes seríssimos. O nome ou a foto de algum deles está na capa da… 1 week ago
  • RT @delucca: A imprensa está voltando a estampar o Lula na capa de seus sites, e vai tirando Temer e Aécio do foco. Os cheques estão começa… 1 week ago
  • Hoje é um daqueles dias em que eu preferia ficar em casa ouvindo os áudios do Temer a ter que colocar meus pezinhos na rua e ir trabalhar 1 week ago
  • RT @joaoluisjr: gosto muito da discrição dos caras da jbs - temer, me fala aqui como você tá - q? - fala da lava-jato - como? - CRIMES, ME… 1 week ago
  • RT @joaoluisjr: muito divertido o jornal nacional tentando transcrever diálogo do aécio "então FALA UM PALAVRÃO ele vai OUTRO PALAVRÃO e a… 1 week ago