Posts tagged ‘cinema’

Vingança? Bingo!

Com diversas referências, que vão desde O Gladiador até Harry Potter, o mais novo filme de Tarantino surge como um novo desfecho a trágica segunda guerra mundial, que dizimou milhares e deixou uma boa quantidade de pessoas traumatizadas. É com música e abertura de época que a história de Bastardos Inglórios, dividida em três capítulos, começa. Shosanna Dreyfus (Mélaine Laurent) é uma judia que se refugia na casa do personagem de Denis Menochet, no sul da França, mas que pela intervenção de Hans Landa (Christoph Waltz ) acaba tendo sua família assassinada e é obrigada a fugir as pressas do local. Aliás, Waltz merece destaque na trama por sua interpretação genial, cruel e um tanto carismática, além de falar inglês, francês, alemão e até um pouco de italiano durante a história.

Do outro lado temos Brad Pitt, grande trunfo de Tarantino para atrair público para seu filme, no papel de Aldo Raine que organiza um grupo de soldados para lutar contra os nazistas. Além de comer durante partes do filme, hábito que já caracteriza Pitt, o ator dá um show de atuação e muitas vezes leva os espectadores a risos.

Mais para frente vemos Shosanna, agora mais velha, morando em Paris, com seu próprio cinema, que acaba fazendo parte do desfecho explosivo da história.

O que Tarantino faz nesse filme, a sangue frio, é realmente o que ficou entalado na garganta da humanidade durante a segunda guerra: trucidar os nazistas do jeito mais cruel e macabro possível!

Torturas, retaliações, humilhações… Isso é pouco quando se trata do modo como os nazistas são tratados no longa. Pitt e seu exército perseguem até o fim cada um dos nazistas. Um grito, capaz de pelo menos acalmar levemente – nem que por alguns segundos – as almas que ainda são perturbadas pelo terrível pesadelo que foi o controle de Hitler.

O final apoteótico, quase com fogos de artifício, é uma vingança contra as atrocidades cometidas pelos nazistas e abre os olhos do mundo (e se for possível, os de Mahmoud Ahmadinejad que ainda teima em dizer que o holocausto não existiu) para o sentimento mais puro daqueles que perderam tudo e mais um pouco nesses terríveis anos.

Bastardos Inglórios, com sua censura de 18 anos, é um deleite para os cinéfilos, para os historiadores e para aqueles que desejavam um fim mais trágico para Hitler e sua trupe. Pertence ao gênero de ação, mas muitas vezes tente a comédia com um humor fino que sempre antecede as cenas mais sanguinárias.

E falando de sangue, os efeitos do filme, em sua alta qualidade, permitem que cenas como cortes de cabeça e de retaliações alheias sejam possíveis de serem vistas, ainda que a maioria vire os olhos diante da realidade com que essas cenas são expostas.

Bastardos inglórios e seu novo final para a segunda guerra lotou os cinemas do mundo e recebeu excelentes críticas. Um bom filme de arte. Um bom filme de ação. Uma boa vingança.

novembro 5, 2009 at 10:31 pm Deixe um comentário

And the Oscar goes to…

Minha vida daria um filme. Sério. Com direito a Oscar e tudo mais.

Já fui a moçinha e já tive um moçinho. Também já fui a melhor amiga da moçinha, a fada madrinha, e a vilã. Sou a desastrada, a chorona e a problemática.

Já me meti em cada história, uma mais hollywoodiana que a outra. Foram desastres, catástrofes, micos intermináveis, bobagens, brincadeiras, e situações séries, vindas direto do mais melodramático dos filmes. Tem espaço até para um pouquinho de terror, com sustos e tudo mais.

Seria um sucesso de bilheteria, agradaria a todos. Homens, mulheres, jovens e adultos. Falta só escolher uma entre as tantas trilhas sonoras.

Um verdadeiro blockbuster!

setembro 12, 2009 at 5:28 pm 1 comentário

Adeus

Pois é minha gente. Eles estão indo. E como passaram rápido! Parece que foi ontem que eles apareceram cheios de pseudo-novidades e surpresas. Vou confessar que pouca coisa mudou. Certo, agora posso sair dirigindo por ai, mas fora isso… Continuo morando na casa dos meus pais, fazendo cursinho e indo ao cinema.

Pode ser que com os novos que chegam as coisas mudem um pouco. Ao invés de ir para o cursinho posso estar indo pra faculdade, posso começar um estágio e ganhar um carro. Quem sabe? Mas com certeza vou continuar morando com os meus pais e indo ao cinema.

Ou então posso fazer coisas mais mirabolantes. Posso terminar meu livro ou descobrir a cura da AIDS. Essa última eu acho um tanto quanto pouco provável, já que eu não estou exatamente em busca dessa cura, mas eu posso sim virar um gênio da noite para o dia e ganhar rios de dinheiro com isso. E assim morar sozinha e ir ao cinema com mais frequência.

Não que a minha vida gire em torno das minhas idas e vindas ao cinema, mas como estou querendo muito ir ver “Os Delírios de Consumo de Becky Bloom” amanhã, não consigo pensar em outra coisa.

No mais, saibam que no sábado me despedirei dos 18 anos e darei boas vindas aos 19, esperando grandes mudanças, mas sabendo que a vida continuará a mesma.

12site_happy

Dois ingressos para a sala dez, na sessão das 15 horas, por favor?

abril 9, 2009 at 10:47 pm 1 comentário

Crepusculando

Acomodem-se confortavelmente em suas poltronas. Peguem o saco de pipoca acompanhado de refrigerante, ou se for de sua preferência um saquinho de M&M’s. As luzes se apagam e os trailers começam.

No escurinho do cinema...

Dias atrás fui obrigada a conter meus abeis dedinhos para não expor minha opinião sobre um certo filme de um vampiro que anda arrancando suspiros por onde passa. Mas os ingressos (e a pipoca) já foram comprados e comidos (necessariamente nessa mesma ordem), a sessão estava lotada e posso finalmente falar…

Em meios aos “Edward lindo”, “Go Volvo”, “Jaaaaaaaaacob”, gritos histéricos quase indecifráveis  e um ligeiro aumento na temperatura do ambiente posso dizer que entre mortos e feridos salvaram-se quase todos (há quem sinta pelo James, e vamos combinar, não é difícil imaginar isso).

Faltaram algumas coisas… Eu estava pirando para ver a cena do capitulo cinco (“Tipo Sangüíneo”), que acabou não rolando. A cena da clareira também não foi tudo aquilo que eu esperava. E não, para mim Robert Pattinson parecia mais pronto para a versão 2009 da Parada Gay do que qualquer outra coisa (acredito também que ele deva passar umas dicas de purpurina para a Madonna, mas não serei tão cruel assim). E a calcinha da Bella era ENORME! Até minutos antes eu achava que aquilo era um short, mas não (a parte do PG 13 falou por si só nessa cena).

Ah sim… Outra coisa ligada ao roteiro que me incomodou consideravelmente. Angela e Eric (perdão?). Sim… O Ben foi-se para sempre perdido no limbo. Eu detesto o Eric. Sei lá, acho ele meio sem sal ou algo assim. E foram colocar ele bem com a Angela. Coitada, achei isso meio injusto com a personagem, maaaaaas…

A Ashley Greene estava fantástica como Alice. E o Kellan/Emmett (“my mokey man”)… Sem comentários. Uma coisa que me deixou chateada. Essa história de tirar o Taylor (Jacob) é super injusta. Um menino também bonitinho… Não que eu morra de amores pelo Jacob (Team Edward!), mas digamos que Breaking Dawn mudou consideravelmente minha opinião.

Tem mais uma coisa que eu preciso deixar aqui registrada antes que subam/desçam os créditos. Anotem bem ai a dica da Titia crianças: se você vai num pré-estréia de um filme aclamado por várias adolescentes com seus hormônios em polvorosa espera-se que você esteja preparada para gritos histéricos sem protestar. Anotaram? All Right? Muito bem, assim eu gosto!

Atenção, antes de saírem não esqueçam de levar seu lixo até a lixeira mais próxima. Obrigada!

dezembro 19, 2008 at 11:43 am Deixe um comentário

Spoiler!

Numa época em que minha vida além do colégio era regida por um bruxinho de óculos bem simpático eu era totalmente contra spoilers. Não sabe o que é spoiler? Eu explico. Spoiler é uma determinada informação (foto, música, cena) de algum livro/filme/whatever que você obtenha antes do lançamento do mesmo. A exemplo das várias páginas que vazaram do último Harry Potter dias antes do lançamento mundial.

Pois é. Dias antes do lançamento dos filmes do Harry eu me fechava no meu infinito particular e lá ficava, até o dia da estréia. Sabe, adoro surpresas! Mesmo com os livros. Nunca lia nada, me escondia. Quanto mais surpresas melhor!

Desde o início do ano minha postura perante spoilers vem se alterando. E tudo culpa de um vapirinho safado que dominou um pedaço do meu coração! Via uma foto aqui, um videozinho ali. Estava me tornando totalmente contra uma política que sempre defendi. E estava tranqüila com a situação!

Porém hoje ultrapassei minhas convicções! Sabe aquela história toda de surpresa? Joguei rio à baixo pelo youtube! Sim! Eu vi Twilight! E não me arrependo!

Aliás, arrependimento é a última coisa que eu sou capaz de sentir. Onomatopéias do tipo “uou”, “aahhh” e gritos histéricos dominam o meu linguajar completamente. Mas não, vou conter os meus dedinhos ágeis e deixar para comentar o filme como se deve dia 19/12!

É isso ai. Cantei “Supermassive Black Hole” até não poder mais e hiperventilei bastante. E não. Isso não significa que deixarei de ir ver Twilight no cinema e muito menos que deixarei de vibrar e porque não hiperventilar novamente. Aliás, guardei todos os meus gritos hoje para dia 19, afinal pra certas cenas eu vou precisar estar preparada!

Mas enquanto o dia feliz na chega… Quem se habilita a jogar baseball comigo ao som de Muse??

…and the superstars sucked into the supermassive…

…and the superstars sucked into the supermassive…

novembro 27, 2008 at 10:07 pm Deixe um comentário


Quem?

Paulistana facilmente encontrada perambulando pelos números da Rua Piauí nos horários comerciais. Nascida no ano de 1990, o que me poupa trabalho de atualizar e fornece a você a oportunidade de mexer com números! Começando a exercer a função de bixete e virando foca!

Today is…

julho 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Na cabeceira da cama…

Meg Cabot - Tamanho 44 Também Não É Gorda

Hey Twitter

  • RT @delucca: Temer é delatado em crimes seríssimos. Aécio é delatado em crimes seríssimos. O nome ou a foto de algum deles está na capa da… 2 months ago
  • RT @delucca: A imprensa está voltando a estampar o Lula na capa de seus sites, e vai tirando Temer e Aécio do foco. Os cheques estão começa… 2 months ago
  • Hoje é um daqueles dias em que eu preferia ficar em casa ouvindo os áudios do Temer a ter que colocar meus pezinhos na rua e ir trabalhar 2 months ago
  • RT @joaoluisjr: gosto muito da discrição dos caras da jbs - temer, me fala aqui como você tá - q? - fala da lava-jato - como? - CRIMES, ME… 2 months ago
  • RT @joaoluisjr: muito divertido o jornal nacional tentando transcrever diálogo do aécio "então FALA UM PALAVRÃO ele vai OUTRO PALAVRÃO e a… 2 months ago