Posts tagged ‘amor’

One love to live, one love to give

Eu tenho planos, uma infinidade deles, sonhos que desde pequena batalho para conseguir, e no momento, não há nada que me faça abrir mão deles.

Nada mesmo? E se aparecesse um grande amor, daqueles que deixam as pernas moles, o coração acelerado e os olhos brilhando? Será que eu abriria mão dos meus sonhos só para ver o sorriso que me derrete e ouvir a voz que me faz suspirar?

Eu sou romântica, por mais que as vezes eu desacredite no amor. Mas acima de tudo eu gostaria de viver um amor assim, que me faça desistir de tudo e me jogar na vida de olhos fechados, sabendo que vai ter alguém para me segurar se eu cair!

Eu tentaria conciliar as duas coisas? Possivelmente! Mas se eu tivesse que escolher entre o grande amor da minha vida e um sonho, eu desistiria de tudo só para sentir meu coração bater outra vez!

É, sou uma romântica incorrigível!

janeiro 28, 2010 at 5:40 pm 6 comentários

Batidas arrependidas

Nós éramos amigos desde pequenos, íamos na mesma perua, voltávamos todos os dias conversando. Descobrimos quase juntos a paixão por certo bruxo. Os anos foram passando, ele se tornou meio reclamão e eu, meio chata.

Minhas amigas falavam que ele me amava e eu, negava. Mais tarde descobri uma grande paixão. Sofri horrores por um menino que nem ligava para mim. Meu amigo seguiu com a vida. Anos mais tarde voltamos a nos falar. Eu sofrendo por alguém que não me amava e ele, por um relacionamento que não deu certo.

Nos aproximamos de novo, não desgrudávamos. Ele me esperava todos os dias ao pé da escada. Era meu último ano no colégio. Minhas amigas insistiam que ele gostava de mim, mas meu coração – trouxa como é – batia mais rápido pelo outro.

Hoje meu amigo mora do outro lado da cidade, não nos falamos mais, e tarde demais descobri as batidas mais rápidas do meu coração. As batidas arrependidas de quem não viveu um amor, por culpa de outro que era difícil de esquecer.

julho 18, 2009 at 11:10 pm 1 comentário

Enquanto isso, no mercado das bitocas…

Quanto você pagaria por um beijo do menino que você está afim? E por uma roçadinha de lábios com Johnny Deep, Orlando Bloom ou Brad Pitt? Isso tudo tem preço?

Aparentemente o capitalismo já chegou a essa área: duas mulheres pagaram algo em torno de 20 mil dólares – cada uma – por um beijo – na bochecha – dado por ninguém menos que Robert Pattinson, que atua como o vampiro mais conhecido do momento. Se foi pra se auto-promover ou não, tinha uma causa nobre afinal, o dinheiro foi doado para uma associação de apoio a pessoas com AIDS.

Se os boatos de que ele fede e tal são verdadeiros (só acredito vendo!), não vale ter arrependimento depois. E outra, vinte mil só por um beijinho na bochecha, algo está super valorizado por aqui.

Beijo envolve muito mais que um acordo monetário. Tem toda aquela história – básica – do amor e coisa e tal. Será que vivemos num mundo tão superficial que histórias românticas acabaram sucumbindo ao nosso amado capitalismo? Dois corações batendo rapidamente foram substituídos por dois, ou vinte, maços de dólares?

Já pensaram se a moda pega e os homens resolvem cobrar pelas bitocas distribuídas? Estamos em crise galera, será que não dava pra ter um desconto?

maio 26, 2009 at 9:27 pm 1 comentário

Tum, Tum, bate o coração!

Coração. Nesse assunto quase sempre metemos os pés pelas mãos. Há aquelas que dizem controlar os batimentos e partir para a razão. Mas normalmente é o coração quem toma a dianteira. Se estivermos certas… Bem, daí será tudo uma grande maravilha.

Mas e se tivermos erradas? E admitam que as chances são grandes. Bom, daí choramos, nos descabelamos e juramos nunca mais ouvir o que nosso coração tem a dizer. Até a próxima semana! Daí nos apaixonaremos perdidamente de novo. Arriscaremos mais uma vez. E quem sabe tudo se revolva.

E difícil mandar que nosso coração simplesmente pare de fazer o que está fazendo e invista em outro caso. Ele não consegue ver que tudo está perdido. E nós concordamos com ele, mesmo que no fundo exista um: “Para com isso, não vê que ele é canalha?”.

Certo ou errado? Ouvir sempre a razão é o caminho mais fácil, racional e menos doloroso. Mas é o do coração que nos motiva, nos deixa apreensivas e nos faz lutar por aquela pessoa que queremos. Se fosse pela razão o assunto seria esquecido.

Beating_Heart_by_Melere

maio 15, 2009 at 6:09 pm 2 comentários

Forever and for always

Estava eu sentada tranqüilamente no caixa da loja dos meus pais, lendo Ídolo Teen (Meg Cabot) e ouvindo o enorme barulho da chuva que caia lá fora. Engraçado, é só começar a chover que a fachada da loja enche de gente fugindo da tromba d’água. Mas hoje esse hábito de fugir do aguaceiro me chamou a atenção para um caso em particular.

Um casal de velhinhos, lá para os seus 80 anos, parou dentro da loja para se esconder da chuva que caia. A mulher portava apenas uma bolsa já bem surrada pelo uso e um guarda-chuva. O homem (seu marido, por minha inicial dedução, já que ambos usavam alianças fininhas e douradas em seus anelares) tinha em mãos dois RGs , acredito eu que foram usados no ônibus. Eles eram bastante simples por sinal, roupas bem modestas e frágeis sandálias nos pés.

As rugas do velho senhor se enrugaram (se é que se pode falar assim) ainda mais ao reparar que eu os observava com certo interesse. A senhora de cabelos brancos sorria para mim enquanto abria o guarda-chuva.

Seu marido apressou-se em segurar o guarda-chuva e abraçar a mulher pelos ombros, trazendo-a mais para perto para que ambos pudessem caber debaixo da pequena proteção à chuvarada.

Acenaram com a cabeça para mim, ambos sorrindo, e entraram na tempestade.

Curioso observar que hoje em dia é difícil ver um casal idoso andando de mãos dadas na rua – ou dividindo uma sombrinha.

Quantos de nós teremos esse prazer ao envelhecer junto com aquela pessoa amada, com a mesma paixão de jovem?

Apreciar os netinhos lado a lado na cadeira de balanço não parece mais ser a aspiração dos casais modernos (que se separam tão rápido quanto se casam).

Seria errado desejar envelhecer ao lado de um homem/mulher que anda abraçado/a com você debaixo de um minúsculo guarda-chuva?

Espero realmente que não…

fevereiro 10, 2009 at 10:32 pm 1 comentário

Ah o amor!

Aquela sensação estranha de que alguém me observava não era coisa da minha cabeça. A freqüência dos batimentos cardíacos aumentava, eu suava frio e minha barriga ficava cheia de borboletas!

O som de sua aproximação me fazia suspirar! Ouvia seus movimentos com bastante antecedência e me preparava para ver o amor da minha vida passar.

Um suspiro atrás de outro suspiro. Eu sempre tive a impressão de que ele ficava feliz em me ver. Como se soubesse que eu era seu amor verdadeiro! E ele sabia. E era verdade!

*suspiros*

*suspiros*

Hoje posso ver como somos perfeitos um para o outro! Temos nossas diferenças, claro. Afinal, todo o casal as tem! Por que seriamos diferentes não é mesmo?

O apresentei aos meus pais, e ele os agradou cem por cento. Mas quem não gostaria?

Já disse que o amo de todos os jeitos! E que faço de tudo para tê-lo ao meu lado. Mas ele sempre me diz que um dia poderemos nos apresentar à sociedade sem dogmas e paradigmas. Seremos aceitos e amados por todos!

Muitas pessoas disputam o amor da minha vida. Mas eu sei que ele só tem olhos para mim. E que seremos felizes!

Ele finalmente veio me visitar. Está hospedado há uma distância razoável do meu lar. Mas irei vê-lo o mais rápido possível. Iria agora mesmo, se pudesse. Mas terei de esperar até o final de semana, quando teremos tempo de curtir um ao outro. Sem ninguém para nos atrapalhar!

Bom, podem ter algumas pessoas lá também! Mas em breve poderemos nos fechar em nossa bolha particular e desfrutar dessa paixão!

Em breve o verei. Breve! Não sei se posso agüentar por mais tempo! Mas farei o possível!

Ele me mandou um vídeo semana passada! Com uma declaração de amor linda e totalmente verdadeira!

Ai, o amor não é mesmo lindo!

Let’s get together!

outubro 29, 2008 at 7:47 pm Deixe um comentário


Quem?

Paulistana facilmente encontrada perambulando pelos números da Rua Piauí nos horários comerciais. Nascida no ano de 1990, o que me poupa trabalho de atualizar e fornece a você a oportunidade de mexer com números! Começando a exercer a função de bixete e virando foca!

Today is…

maio 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Na cabeceira da cama…

Meg Cabot - Tamanho 44 Também Não É Gorda

Hey Twitter

  • RT @delucca: Temer é delatado em crimes seríssimos. Aécio é delatado em crimes seríssimos. O nome ou a foto de algum deles está na capa da… 1 week ago
  • RT @delucca: A imprensa está voltando a estampar o Lula na capa de seus sites, e vai tirando Temer e Aécio do foco. Os cheques estão começa… 1 week ago
  • Hoje é um daqueles dias em que eu preferia ficar em casa ouvindo os áudios do Temer a ter que colocar meus pezinhos na rua e ir trabalhar 1 week ago
  • RT @joaoluisjr: gosto muito da discrição dos caras da jbs - temer, me fala aqui como você tá - q? - fala da lava-jato - como? - CRIMES, ME… 1 week ago
  • RT @joaoluisjr: muito divertido o jornal nacional tentando transcrever diálogo do aécio "então FALA UM PALAVRÃO ele vai OUTRO PALAVRÃO e a… 1 week ago