Posts tagged ‘amigas’

Somebody like me

Quando era mais nova queria muito uma irmã gêmea, nós seriamos inseparáveis, melhores amigas, dividiríamos todos os segredos e enfrentaríamos os problemas juntas.

Mas bem, não dava para minha mãe me dar uma irmã gêmea assim, de uma hora pra outra, e eu tive que me contentar em ser só eu…

Anos depois eu descobri uma coisa com isso: eu posso não ter uma irmã gêmea (que nasceu grudada comigo e que seja igual a mim fisicamente), mas tenho amigas que executam brilhantemente esse papel, e que para mim são minhas gêmeas eternas!

Anúncios

dezembro 7, 2009 at 6:27 pm Deixe um comentário

Nas entranhas do meu passado

Essa semana foi cheia de “regressões”, atribuídas principalmente ao fato de que eu peguei Harry Potter e o Enigma do Príncipe para ler novamente. Ou talvez é a leitura que tenha induzido as regressões que irão aparecer nos parágrafos seguintes.

De todo o modo, mergulhar novamente na literatura de J. K. Rowling fez acender em mim uma parte que estava escondida láááá no fundo (causada principalmente pelo jejum que a Warner me fez passar, mas não vamos culpá-la hoje). As antigas risadas causadas pelas piadas sem graça do Rony, as lágrimas pela morte de Dumbledore (vamos lá minha gente, o livro é de 2005, já deixou de ser spoiler faz tempo!) e as explosões de raiva causadas pelo Snape (idem) vieram com força, e aumentam cada vez mais à medida que o dia 15 se aproxima.

Junto com tudo isso veio a parte menos agradável: a descoberta de que certas coisas não vão mais voltar! Claro que eu não estou falando das surpresas da história (como quem é o RAB e tudo mais). Falo sim das situações vividas daquela época!

Quatro anos se passaram desde que peguei Harry Potter e o Enigma do Príncipe na mão pela primeira vez; na época o grupo de amigas, as dificuldades e as aspirações para o futuro eram outras. Eram amigas de colégio, brigas e descobertas infelizes e minha vontade de ser médica que hoje sei, não voltam mais (e agradeço por parte delas).

Nós crescemos. Isso é um fato que as vezes me assusta. Na época tinha 15, hoje tenho 19. Agora são amigas do cursinho, o vestibular e a louca vontade de me formar jornalista (com diploma) que giram minha vida.

Mágoas que vieram daqueles tempos não me perturbam mais, hoje são mágoas mais recentes e sofridas que levam lágrimas aos meus olhos. Queria sim voltar aos 15 anos com a sabedoria dos 19. E sei que não é possível.

Porém enquanto eu lia e sofria com as linhas da JK senti como se tivesse voltado a 2005 e enquanto isso via minha vida passando de novo, as alegrias, que foram muitas, e os sofrimentos, que hoje parecem ínfimos, voltaram à tona.

Não posso reclamar de nada. Só lamento que hoje não tenha mais as pessoas daquela época à minha volta para relembrarmos juntos tudo que enfrentamos.

Como eu disse lá em cima, não é realmente possível voltar ao passado.

julho 5, 2009 at 10:31 pm 5 comentários

Caixinha de sorrisos

Um tablete de chocolate, um urso fofo e uma cama quente para os dias de cólica. Um bom filme, um balde de pipoca e boa companhia para os dias tediantes. Um livro, uma almofada e meu sofá para os dias de chuva. Amigas, sacolas e risadas, para os dias de shopping.

Mas, e o que fazer naqueles dias que tudo dá errado e parece que o mundo está contra você? Dias de choros compulsivos, de sensações de abandono ou simplesmente TPM? Ah, nada que um sorriso amigo, um abraço apertado, um ombro pra chorar e uma boa piada não resolvam.

O sorriso acompanha a amiga que vai te ouvir e que logicamente vem com o abraço apertado pra te consolar. Se o problema for grande, vem logo o ombro para que você possa descarregar as lágrimas… E uma boa piada, para fazer você sorrir novamente!

junho 21, 2009 at 8:21 pm 4 comentários


Quem?

Paulistana facilmente encontrada perambulando pelos números da Rua Piauí nos horários comerciais. Nascida no ano de 1990, o que me poupa trabalho de atualizar e fornece a você a oportunidade de mexer com números! Começando a exercer a função de bixete e virando foca!

Today is…

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Na cabeceira da cama…

Meg Cabot - Tamanho 44 Também Não É Gorda

Hey Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.