No barco das eleições

outubro 5, 2008 at 9:13 pm 1 comentário

Ao abrir os olhos pela primeira vez na vida vi um Brasil que havia acabado de eleger seu primeiro presidente por eleições diretas após a ditadura militar. Era o ano de 1990. O presidente: Fernando Collor de Mello. Mal sabia eu que aos dois anos de idade – ainda sem noção do mundo que me cercava – ouviria meus pais comentarem durante o jantar o afastamento de Collor num processo de impeachment. Vivi no governo de Itamar Franco, vice de Collor. A grande inflação que chegaria a quase 6000% em 1993, mesmo ano em que o povo foi às urnas para escolher a forma de governo de seu país, mantendo o regime republicano e presidencialista por mais que o professor Ciro quisesse uma monarquia presidencialista Oo’.

Antes de completar meus quatro anos e ingressar na escola vi Fernando Henrique Cardoso anunciar o Plano Real e acabar com a exorbitante inflação que pairava sobre as cabeças dos brasileiros desde 1992!

Assim em 1994 meus pais foram às urnas eleger Fernando Henrique como o novo presidente, que em 1998 se reelegeu já no primeiro turno.

Com os meus dez anos achava um máximo ir com meus pais apertar os botões da urna eletrônica e ouvir o conhecido barulhinho divertido. Queria logo chegar aos dezesseis para tirar meu título e exercer a minha função como cidadã brasileira.

No ano de 2003 discuti com minhas tias as possibilidades da vitória de Lula e reclamei quando o resultado do segundo turno saía no final daquele ano. Assim como repeti a mesma reação ao saber que teríamos mais quatro anos de Lula no final de 2006 e ainda prometi para minha mãe que estaria presente como jornalista quando Lula passasse a presidência em janeiro de 2011.

Aos dezesseis já não achava tão emocionante assim votar num país onde todos são corruptos e fazem promessas sem fundo e sem a intenção de serem realizadas mais tarde. Com dezoito anos votar numa cidade onde o voto é comprado descaradamente por políticos oriundos das famílias mais importantes me trás as aulas de história em que o professor fala sobre coronelismo e voto de cabresto.

Ao tentar hoje escolher o “menos-pior” tenho em mente que as coisas vão continuar do mesmo jeito. Sem alguma alteração. Essa é a dura realidade de um país em que os políticos sempre se favorecem pelas leis que eles próprios criam ao bel-prazer sem sequer ligar se há uma pessoa precisando de algo que somente eles podem fazer, afinal, na imaginação popular fulano foi eleito para fazer valer a vontade do povo que o elegeu.

Mas sabemos que nada disso é verdade. E só nos resta – como diz meu querido Ricardo Boechat – “tocar o barco”.

Novo começo??

Novo começo??

Anúncios

Entry filed under: Política-pra-que-te-quero. Tags: , , , .

Dentes pontiagudos Entre lencinhos e cobertores

1 Comentário Add your own

  • 1. Elfriede  |  outubro 6, 2008 às 9:36 pm

    Amei, amei e amei !!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Quem?

Paulistana facilmente encontrada perambulando pelos números da Rua Piauí nos horários comerciais. Nascida no ano de 1990, o que me poupa trabalho de atualizar e fornece a você a oportunidade de mexer com números! Começando a exercer a função de bixete e virando foca!

Today is…

outubro 2008
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Na cabeceira da cama…

Meg Cabot - Tamanho 44 Também Não É Gorda

Hey Twitter

  • RT @delucca: Temer é delatado em crimes seríssimos. Aécio é delatado em crimes seríssimos. O nome ou a foto de algum deles está na capa da… 3 months ago
  • RT @delucca: A imprensa está voltando a estampar o Lula na capa de seus sites, e vai tirando Temer e Aécio do foco. Os cheques estão começa… 3 months ago
  • Hoje é um daqueles dias em que eu preferia ficar em casa ouvindo os áudios do Temer a ter que colocar meus pezinhos na rua e ir trabalhar 3 months ago
  • RT @joaoluisjr: gosto muito da discrição dos caras da jbs - temer, me fala aqui como você tá - q? - fala da lava-jato - como? - CRIMES, ME… 3 months ago
  • RT @joaoluisjr: muito divertido o jornal nacional tentando transcrever diálogo do aécio "então FALA UM PALAVRÃO ele vai OUTRO PALAVRÃO e a… 3 months ago

%d blogueiros gostam disto: